NOTÍCIAS

28/08/2019
Dois dias de debates e reflexões sobre o fazer psicologia

Por: Karen Vidaleti

() comentários

Entre oficinas e abordagens teóricas, evento apresentou temas como psicodrama, psicoterapia online e análise funcional

Uma programação de dois dias marcou o Dia do Psicólogo e mobilizou acadêmicos no campus da IMED Porto Alegre. A agenda, que ocorreu na segunda (26) e na terça-feira, (27) - data em que é celebrada a profissão - incluiu oficinas, palestras e mesa-redonda sobre temas atrelados à atualidade da profissão, além de uma atividade de leitura dramática.

A estudante de Psicologia Thais Pazzin, que integrou a comissão organizadora do evento ao lado dos colegas Bianca Tisbierek, Érica Fraga, Laiany Borba e Leonardo Faccio, diz que a experiência foi desafiadora e, ao mesmo tempo, recompensadora. Ela considera que foram abordados conteúdos importantes para todos os alunos do curso, uma vez que a programação reuniu temas atuais, que, por vezes, não se tem a oportunidade de aprofundar em sala de aula.

“Quando a instituição e o curso nos proporcionam essas experiências, é muito válido e gratificante. Isso nos mostra outras oportunidades, outras portas, outras vias de conhecimento, que vão nos ajudar muito nas nossas decisões futuras, a conhecer mais da nossa profissão e olhar além daquilo que a gente já sabe”, avalia Thais.

A coordenadora da Graduação, professora Júlia Protas, complementa e afirma que a programação foi capaz de expor a riqueza da diversidade do fazer psicologia no Brasil. “Tivemos palestras sobre neurociências, psicoterapia online e psicanálise na praça. Proporcionamos oficinas de Psicodrama e análise funcional, abordagens teóricas pouco exploradas pela academia. Além disso, contamos com um momento de leitura dramática feito pelo coletivo Marginais e Mal- Ditos que trouxe a arte para contribuir ainda mais com o evento”, comenta.

Além do coletivo Marginais & Mal - Ditos, entre os convidados, estiveram os psicólogos Luan Paris Feijó, Silvana Becker - também psicodramatista e diretora do Instituto de Desenvolvimento Humano -, Ricardo Rilton e Marcelo Bujak, e Fernanda Vial Costa. “Um evento construído com a colaboração de professores e alunos, que representa o nosso curso: um espaço plural, afetivo, curioso e muito aberto para trocas e crescimentos”, conclui Júlia.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia
Quero me inscrever
Fechar

Registrar Interesse

Se interessou pelo curso? Preencha os campos abaixo com seus dados e aguardo pelo nosso contato para mais informações.