NOTÍCIAS

22/05/2019
A segurança dos alimentos também é de responsabilidade de médico(a)s veterinário(a)s

Por: Francine Tiecher

() comentários

Além da atuação direta com animais, profissão ainda abrange qualidade e segurança na indústria de produtos que estão diariamente na nossa mesa

 

O setor de qualidade e segurança na indústria de alimentos está em constante crescimento. Ainda que o mercado interno esteja retraído pela crise econômica, o Brasil tem sido favorecido com a balança comercial, tendo em vista os recordes de volumes exportados em produtos de origem animal, principalmente carne de frango.

Esse perfil exportador do setor exige que os procedimentos internos da indústria tenham todos seus processos qualificados. De acordo com o Coordenador do Curso de Medicina Veterinária da IMED, Dr. Deniz Anziliero, o mercado está cada vez mais exigente, em busca da certificação de origem e de todas as etapas do processo de produção desse alimento.

Foto: Reprodução internet

 

Tão importante quanto os ingredientes utilizados em uma receita é a atenção aos procedimentos no preparo e a organização do ambiente. Por isso, além do trabalho direto com animais, esse trabalho vinculado à segurança e qualidade de produtos que estão diariamente na nossa mesa é de responsabilidade do(a)s médico(a)s veterinário(a)s.

A qualidade e segurança de alimentos são asseguradas da forma mais eficaz através de uma abordagem integrada e multidisciplinar, considerando toda a cadeia de produção. “A eliminação ou controle de riscos na fonte, isto é, uma abordagem preventiva, é mais eficiente na redução ou eliminação de efeitos indesejados na saúde humana, do que confiar todo o controle sobre o produto final, aplicada tradicionalmente através do controle da qualidade. As abordagens para a segurança dos alimentos têm evoluído nas últimas décadas, de controles tradicionais baseados em Boas Práticas (Boas Práticas Agrícolas, Boas Práticas de Higiene, etc), até sistemas de segurança de alimentos mais direcionados à Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) com abordagens baseadas em risco”, explica Deniz.

Todo esse processo descrito acima somente pode ser realizado com resultados se o profissional envolvido estiver capacitado para um grande desafio como esse.

 

Vestibular IMED

A IMED está com inscrições abertas para o Vestibular de Inverno 2019. Para o Curso de Medicina Veterinária, ofertado em Passo Fundo, são oferecidas 45 vagas, no período noturno, e 45 vagas no período vespertino.

A prova ocorrerá nos campi Passo Fundo e Porto Alegre no dia 01 de junho de 2019, com início às 8h e 30min e término às 12h e 30min. As inscrições devem ser realizadas no site vestibular.imed.edu.br, até às 23h59min do dia 29 de maio de 2019.

CLIQUE AQUI e conheça mais sobre o curso.

QUER SABER COMO INGRESSAR NA IMED?  

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia
Quero me inscrever
Fechar

Registrar Interesse

Se interessou pelo curso? Preencha os campos abaixo com seus dados e aguardo pelo nosso contato para mais informações.