NOTÍCIAS

18/03/2020
Tratamento de água visto na prática

Por: Francine Tiecher

() comentários

Acadêmicos de Engenharias realizaram a visita in loco dos processos realizados pela Corsan, de Passo Fundo

 

Desde o início dos semestres, os cursos de graduação da IMED proporcionam aos seus alunos atividades extraclasse e visitas técnicas, com o intuito de proporcionar o contato desses acadêmicos com a realidade de mercado e presenciar a prática real da teoria aprendida em sala de aula.

Nesse sentido, a turma da Disciplina de Química para Engenharias participou de uma visitação técnica nas Estações de Tratamento de Água 1 e 2 da Corsan, em Passo Fundo. Recepcionados pela coordenadora do projeto da Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo, Claudia Alves, os graduandos puderam conhecer na íntegra todos os setores de tratamento superficiais.

Na parte de captação, acompanharam a retirada de água bruta do manancial; no setor de adução, puderam conhecer o caminho percorrido pela água bruta até a estação de tratamento de água; na área de mistura rápida, os futuros profissionais observaram a adição de coagulante para remoção de impurezas; na floculação, houve o acompanhamento de onde ocorre a aglutinação das impurezas; na etapa de decantação, foi possível verificar a sedimentação dos flocos no fundo de tanques; no processo de filtração, houve a retenção dos flocos menores em camadas filtrantes; já na parte de desinfecção, a turma observou a adição de cloro para eliminação de microorganismos patogênicos; no setor de fluoretação, os alunos tiveram contato com a adição de compostos de flúor para prevenção de cárie dentária; e por fim, visitaram a parte de bombeamento para as redes e reservatórios de distribuição.

 Além desse roteiro, os futuros profissionais puderam visitar os laboratórios de controle de qualidade, setores responsáveis por manter a condição da água dentro dos padrões de potabilidade exigidos pelo Ministério da Saúde, por meio do controle realizado nas estações de tratamento de água, poços ou fontes.

Os alunos Robson Sulzbach e Poliana Frigheto do Nascimento salientam que as visitas técnicas sempre são muito positivas para a formação acadêmica. “É neste momento que temos a oportunidades de ver em escala de produção as técnicas experimentadas em sala de aula e nos laboratórios. A visita realizada nas estações de tratamento da CORSAN nos mostrou que a água não “brota” simplesmente da torneira. Existe uma série de processos que iniciam no estudo da bacia para concepção da represa de captação, nas estações de bombeamento de água bruta para as estações de tratamento onde a água passa pelos processos de floculação, decantação, filtragem, controle de PH, cloração, reservação e distribuição para as nossas residências. Portanto, essa visita nos possibilitou conhecer e identificar as fases do processo e as análises realizadas em laboratório para garantir a qualidade da água entregue em nossas casas”, destacam os acadêmicos.

O professor da disciplina, Me. Rudimar Pedro, que acompanhou a turma durante a visita comenta que a inserção na comunidade é um dos pilares básicos dos Cursos de Engenharia na IMED, possuindo em seu DNA o compromisso de formar cidadãos e profissionais agentes da mudança, capazes de propor soluções inovadoras, além de cooperar no meio em que estão inseridos. “Aproveitamos o mote da visitação para alertar e solicitar a comunidade em gera, para de forma assertiva, não desperdiçar e economizar água, evitando assim agravamento do stress hídrico por que passa o sistema de abastecimento de água em nossa cidade”, pontua o docente.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia
Quero me inscrever
Fechar

Registrar Interesse

Se interessou pelo curso? Preencha os campos abaixo com seus dados e aguardo pelo nosso contato para mais informações.