NOTÍCIAS

23/08/2021
Mentoria internacional reposiciona Escola de Negócios da IMED

Por: Eduarda Perin

() comentários

As melhores Escolas de Negócios do mundo têm algo em comum: as certificações internacionais. No caminho para conquistar a “Triple Crown” – termo que representa a conquista das três melhores certificações do mundo para os cursos de Gestão – as Escolas de Negócios passam por longos processos de mentoria e melhoria contínua.

É o que acontece atualmente na Escola de Negócios da IMED, que participa do EDAF, processo de Assessment e Mentoria desenvolvido junto à Fundação Europeia para o Desenvolvimento da Gestão (EFMD). A IMED é a única instituição de ensino superior brasileira a fazer parte deste processo, sendo que somente doze Escolas de Negócios do mundo fazem parte deste grupo.

Além de mentoria e orientação, o EDAF oferece à instituição um relatório consultivo detalhado como ponto de partida para o processo de melhoria. Este documento, estruturado após visita e análise de 75 itens, aponta que a IMED atinge 93% dos critérios que atendem padrões internacionais de educação empresarial, em áreas como gestão e recursos, pesquisa, perfil de estudantes e egressos, relacionamento com o mercado, portfólio de qualificações e métodos de ensino.  

A mentoria internacional é o primeiro passo em busca da certificação EQUIS, que faz parte da Triple Crown e também está disponível no portfólio da EFMD. A expectativa é que a IMED conclua o processo EDAF e inicie a busca pela certificação EQUIS em 2024.

A busca por certificações que avaliem a qualidade do ensino, assim como o EDAF Process, é uma das prioridades da IMED, segundo o vice-presidente Acadêmico, William Zanella: “Temos o quesito qualidade de ensino como pilar institucional. Nossas ações visam tangibilizar a excelência acadêmica, como, por exemplo, estamos há 6 anos com IGC-4, classificados das instituições nacionais e, atualmente, estamos trabalhando nos quesitos referentes aos padrões internacionais das Escolas de Negócio”, conta. O processo longo de mentoria que a Escola de Negócios da IMED percorre significa, para Zanella, o reconhecimento da formação na área da Gestão à nível mundial.

Vice-presidente Acadêmico, William Zanella

 

Reconhecimento que também representa um novo posicionamento para a Escola de Negócios, de acordo com o coordenador do Mestrado em Administração da IMED, Jandir Pauli. “Além de entrar para um seleto grupo global de Escolas com reconhecida excelência acadêmica, a mentoria trará um conjunto de inovações na governança, relacionamento com o mercado e posicionamento estratégico da Escola de Negócios da IMED. A expectativa é que o resultado deste processo consolide e amplie a relação entre inserção social e a qualidade acadêmica que marcam a atuação da instituição”, destaca.

Para o coordenador dos cursos de Administração e Ciências Contábeis da IMED, Guilherme Moraes Vargas, o processo de mentoria permite que a Escola de Negócios certifique e aprimore suas ações a partir do que é referência no mundo. “A mentoria nos qualifica também ao identificar nossos pontos fortes, que devem ser evidenciados, e fracos, para melhorar cada vez mais”, diz.

O CAMINHO DA CERTIFICAÇÃO

O primeiro passo para o processo de melhoria contínua da Escola de Negócios da IMED iniciou em 2016, com a solicitação e aceite da instituição como associada à EFMD - Fundação Europeia para o Desenvolvimento da Gestão.

O credenciamento na EFMD, segundo a Especialista de Relações Internacionais da IMED, Márcia Perin, abrange critérios amplos, que vão desde o ambiente institucional, nacional e internacional, passando pelo design, entrega, resultados e impactos, até os processos de garantia de qualidade. “O EFMD enfatiza o rigor acadêmico, relevância prática, internacionalização, ética e sustentabilidade”, enfatiza.

Em 2019, a instituição deu o primeiro passo para receber o certificado EDAF, que faz parte do portfólio da EFMD. Foram dois anos entre relatórios, visitas, avaliações estratégicas e identificação de melhorias até a Escola de Negócios ser aceita, neste ano, no Processo de Melhoria por meio de Mentoria.

Guilherme Moraes Vargas, Márcia Perin e Jandir Pauli

 

Para Márcia, uma das responsáveis pelo processo de associação da IMED junto à EFMD e pelo EDAF Process na IMED, ser credenciada torna a Escola de Negócios da IMED parte de uma comunidade internacional de aprendizagem mútua e compartilhamento de boas práticas com instituições de diferentes sistemas de ensino superior. “Além do benchmarking, reitera a busca contínua da IMED pela excelência na educação empresarial”, finaliza.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia
Quero me inscrever
Fechar

Registrar Interesse

Se interessou pelo curso? Preencha os campos abaixo com seus dados e aguardo pelo nosso contato para mais informações.