Comunicação

Notícias

VOLTAR
18/09/2019
Professores da IMED são empossados nos Comitês de Assessoramento da FAPERGS

Por: Liliana Crivello

() comentários

Cerimônia de posse ocorreu Centro Administrativo do Estado, com a presença do Secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luiz Lamb

 

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS), que tem a finalidade de fomentar a pesquisa em todas as áreas do conhecimento empossou na terça-feira (17) os novos membros nos comitês de Assessoramento da entidade.

Cerimônia ocorreu Centro Administrativo do Estado, com a presença do Secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luiz Lamb. Na ocasião, também foi realizada a recondução do diretor-presidente, prof. Dr. Odir Antônio Dellagostin, a mais um mandato à frente da FAPERGS.

De acordo com a Diretora de Pós-Graduação Stricto Sensu e Pesquisa, Caroline Calice da Silva, dentre as competências dos Comitês estão: a análise de mérito científico dos pedidos de auxílios e bolsas e a análise dos relatórios técnico-científicos parciais e finais dos auxílios e bolsas concedidos. “Os membros dos Comitês são escolhidos pelo Conselho Superior da Fapergs, pela sua qualificação profissional e contribuição científica na área. Dessa forma, esse resultado, indica, mais uma vez, um reconhecimento do nosso corpo docente e da representatividade da IMED na comunidade científica”, aponta Caroline.

 

Comitês de Assessoramento (2019-2021)

Os Comitês estão divididos por área de conhecimento, e os professores da IMED nomeados são:

Arquitetura, Urbanismo e Design - Profª. Drª Caliane Almeida

Ciências Agrárias - Prof. Dr. Deniz Anziliero

Ciências da Saúde - Prof. Dr. Cristian Guimarães

Engenharias - Prof. Dr. Richard Lermen

Para a Coordenadora da Pós-Graduação Stricto Sensu e Pesquisa de Arquitetura e Urbanismo da IMED, Professora Dra. Caliane Christie Oliveira de Almeida, “Os movimentos de articulação e a inserção dos professores pesquisadores da IMED em comitês de assessoramento técnicos científicos de agências de fomento estaduais e nacionais, a exemplo da Fapergs, além de fundamentais para a compreensão das estratégias para a promoção do desenvolvimento tecnológico, econômico e social delineadas pelas instâncias superiores da ciência e tecnologia em nosso país, representam, sobremaneira, o reconhecimento da qualificação e da experiência dos seus docentes em atividades de pesquisa nas áreas em que atuam, atestando a excelência do corpo docente da instituição”,  destaca Caliane.

A IMED deseja sucesso no mandato aos novos membros dos Comitês de Assessoramento, bem como ao Diretor-Presidente, prof. Odir.

 

Os empossados

Caliane Christie Oliveira de Almeida

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN-2004); Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo (EESC-USP, 2007); Doutorado e Pós-doutorado em Arquitetura e Urbanismo pelo Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (IAU-USP, 2012 e 2015). Atualmente é Coordenadora e Docente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Arquitetura e Urbanismo da IMED (PPGARQ-IMED) e docente dos Programas de Graduação e Pós-Graduação Lato Sensu em Arquitetura e Urbanismo da instituição. Também é Bolsista de Produtividade em Pesquisa da Fundação Meridional; Coordenadora do Grupo de Pesquisa Teoria e História da Habitação e da Cidade (THAC-IMED); Pesquisadora permanente da Base de Pesquisa Estudos do Habitat (UFRN) e pesquisadora colaboradora do Grupo de Pesquisa História da Cidade, do Urbanismo e do Território (HCURB), do Departamento de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), além de manter vínculo de pesquisa com outros Grupos de IES do país. Também desenvolve atividades administrativas no Conselho Superior da IMED (CONSUP), na Comissão Interna de Avaliação de Pesquisa e Extensão da IMED/Fundação Meridional (CIAPEX), no Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo nas unidades de Passo Fundo e Porto Alegre, sendo inclusive Editora Chefe da Revista de Arquitetura da instituição (ARQIMED), estratificada no Qualis CAPES, e coordenadora de pesquisa e TCC do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo da instituição. Atua nas áreas de Planejamento Urbano e Regional e Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Fundamentos da Arquitetura e Urbanismo e Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo, principalmente nos seguintes temas: processos de modernização urbana, história da habitação, políticas públicas habitacionais, produção do espaço urbano e territorial, habitação social, história do trabalho, história da previdência, discurso político, referências arquitetônicas, seca, infraestrutura urbana e patrimônio moderno.

Linha de pesquisa: I – Morfologia, Usos e Apropriações das Edificações e dos Espaços Construídos.

 

Cristian Fabiano Guimarães

Psicólogo, Doutor em Psicologia Social e Institucional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS e Residência Multiprofissional em Saúde Mental Coletiva na Escola de Saúde Pública-RS. Atualmente desenvolve atividades de docência em Instituições de Ensino Superior para cursos de Graduação e Pós-graduação latu e stricto sensu no Brasil e no exterior. Pesquisador do núcleo de Saúde Coletiva/Saúde Pública da IMED. Servidor público da Escola de Saúde Pública do RS / Residência Integrada em Saúde, atuando como docente e pesquisador nos Programas de Residência Multiprofissionais em Atenção Básuca e em Saúde Mental Coletiva.

 

Deniz Anziliero

Professor titular II da IMED, Passo Fundo, RS. Coordenador do curso de Medicina Veterinária - IMED. Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa da IMED. Possui graduação em Medicina Veterinária, Mestrado em Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva - Virologia, Doutorado em Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva - Virologia. Pós-Doutorado em Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva - Virologia. (Conceito CAPES 7). Trabalha com inovação e aprendizagem ativa na educação. Sócio cofundador da AFK Imunotech.

 

Richard Thomas Lermen

Possui graduação em Física Licenciatura (2004) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. No período da graduação adquiriu sólidos conhecimentos no ensino de Física e participou do desenvolvimento de sistemas de aquisição de dados para o Ensino de Física.  Tem Mestrado (2006) e Doutorado (2011) na área de Processos de Fabricação, especificamente em Soldagem e Técnicas Conexas, pelo programa de Pós-graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais – PPGE3M (conceito CAPES 7) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Durante o Mestrado e Doutorado atuou, junto ao Laboratório de Soldagem e Técnicas Conexas – LS&TC, em projetos de desenvolvimento de tochas de plasma para aplicações em soldagem e corte dos materiais. Neste período também adquiriu experiência nas áreas de processos de soldagem convencionais e suas versões modernas, de simulação numérica em soldagem, de metalurgia da soldagem, de projetos de juntas soldadas, de soldagem e corte LASER, instrumentação e automação da soldagem (sistemas, equipamentos e processos). No período de 2011 à 2015 trabalhou como professor dos cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção e Engenharia de Controle e Automação da Faculdade Horizontina – FAHOR. Também, na FAHOR, foi coordenador do Curso de Engenharia de Controle e Automação. No período em que trabalhou na FAHOR atuou no desenvolvimento de projetos (desenvolvimento de bancadas didáticas, protótipo de carro “off road” (baja) com transmissão hidráulica, sistemas automatizados, otimização de processos de soldagem e LASER, entre outros) e na gestão (coordenador de curso, constituição e coordenação de laboratórios, coordenador do programa Ciência sem Fronteiras, membro integrante de núcleos estruturantes de cursos, representante docente na Comissão Local de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos – COLAP, entre outras atividades). Em 2016 assumiu a coordenação do curso de Engenharia Mecânica da IMED, onde desenvolveu mais conhecimentos na área de gestão educacional. Atualmente é professor pesquisador do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Engenharia Civil da IMED, no qual está desenvolvendo estudos nas seguintes áreas: estudo e otimização de concreto celular espumoso desenvolvidos com adição de diferentes tipos de resíduos; simulação numérica (térmica, estrutural, fluidodinâmica, acústica, etc.) de materiais utilizados na construção civil; e desenvolvimento de equipamentos para determinação de propriedades físicas (condutividade térmica, calor específico, densidade, etc.) e mecânicas (resistência a compressão, módulo de elasticidade, etc.) de materiais da construção civil.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia