Comunicação

Notícias

VOLTAR
23/05/2022
Pelo segundo ano consecutivo, IMED integra o ranking Campeãs da Inovação

Por:

() comentários

Promovido pelo Grupo Amanhã, reconhecimento revela como organizações trabalham aspectos como estratégia e recursos voltados à inovação

 

Pela segunda vez, a IMED está entre as empresas mais inovadoras do Sul do Brasil. A instituição é destaque no ranking Campeãs da Inovação 2022, na categoria Ensino e Pesquisa, posicionada na terceira colocação, junto com grandes universidades do estado. Pioneira no Brasil, a pesquisa é realizada há 18 anos pelo Grupo Amanhã - referência de comunicação no segmento de economia e negócios -, com apoio técnico do IXL Center for Innovation, Excellence and Leadership, de Cambridge, nos Estados Unidos. O reconhecimento é ainda mais especial, uma vez que ocorre no ano em que o ranking registra crescimento de 32% na participação de empresas e instituições.

Pautada no empreendedorismo, na inovação e na formação de profissionais capazes de gerar soluções para problemas reais, a IMED acredita no valor do conhecimento e das conexões humanas para gerar prosperidade, sendo reconhecida por seus movimentos de construção de uma nova educação.  

“O segmento de educação, e, em especial, a educação superior está sendo profundamente impactada pela mudança estrutural do mundo do trabalho. A pandemia do coronavírus e a crise econômica brasileira que perdura desde 2016 apenas aceleraram a percepção do gap que existe entre as competências e habilidades desenvolvidas pelas universidades e as demandas do mercado de trabalho. Receber o reconhecimento como Campeão de Inovação pela Revista Amanhã reconhece o esforço realizado pela instituição, pelos seus docentes, técnico-administrativos e alunos, e sinaliza que estamos no caminho certo. Não responderemos à crise estrutural do setor renovando os votos na tradição, mas sim reconhecendo a necessidade de mudança e realizando os movimentos de estruturação de um novo modelo de educação superior”, destaca o Presidente da IMED, Eduardo Capellari.   

A pesquisa tem o objetivo de possibilitar que cada companhia possa medir seu grau de inovação. Por meio de questionário, gestores revelaram como a organização trabalha aspectos como estratégia e recursos voltados à inovação. Em alguns casos, é necessário que as empresas descrevam detalhadamente alguns processos internos, sendo que a dimensão de maior peso no estudo é a que se refere aos resultados efetivos e já contabilizados que a inovação trouxe para os negócios.

Os questionários são processados na Central do IXL-Center, em Cambridge, na região metropolitana de Boston, nos Estados Unidos. Para identificar as empresas mais inovadoras do Sul, a pesquisa utiliza o Innovation Management Index, uma ferramenta da metodologia do Gimi (Global Innovation Management Institute), organização global sem fins lucrativos, criada por executivos, acadêmicos e consultores especializados em inovação de vários países.

No total, mais de 150 organizações e empresas dos mais diversos segmentos -  como indústria e serviços - se inscreveram para o prêmio, o que tornou o ranking mais competitivo, uma vez que com essa variedade foi possível realizar um comparativo no que se refere a utilização da inovação em projetos e processos.

Nesta edição, o questionário teve mais de 35 mil acessos, e deu origem à relação das 50 empresas mais inovadoras do Sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), além de outras seis categorias especiais: Ensino & Pesquisa (na qual a IMED ocupa a terceira colocação); Estatais & Filantrópicas; Startups; MPEs; Entidades Empresariais; e ainda Cooperativas de Produção, item que estreia como novidade desta edição, e revela como essas organizações também semeiam inovação.

O evento de premiação aconteceu nesta segunda-feira (23) de forma remota, onde o Grupo AMANHÃ e o IXL-Center coroaram as empresas e organizações que mais se destacaram na Região Sul do Brasil. 

Além disso, os participantes puderam contar com o webinar “Greenovate: Inovação no conceito ESG”, mediado por Eugênio Esber, diretor de Redação de AMANHÃ, juntamente com as lideranças de Elder Rapachi, Diretor de Novos Negócios na Gerdau Next, Pedro Wongtschowski, presidente do Conselho de Administração do Grupo Ultra e presidente do Conselho da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), Carlos Schneider, presidente da Ciser, e Claudio Stabile, CEO da Sanepar.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia