Comunicação

Notícias

VOLTAR
25/10/2021
IMED tem cursos estrelados no Guia da Faculdade 2021

Por: Eduarda Perin

() comentários

Instituição teve nove cursos reconhecidos nesta edição do Guia, parceria entre Quero Educação e Estadão

A excelência acadêmica dos cursos de graduação da IMED está na prática: no perfil de alunos e egressos, na empregabilidade e nos desafios de comunicação, comportamento, empreendedorismo e inovação que fazem parte da rotina dos acadêmicos.

E também está nos reconhecimentos, como o Guia da Faculdade 2021, parceria entre a Quero Educação e o Jornal Estado de S. Paulo, o Estadão, que estrelou os cursos de graduação da instituição.

Para o vice-presidente de Inovação Acadêmica da IMED, Daniel Quintana Sperb, o resultado do Guia, além de representar mais uma importante afirmação da qualidade dos cursos da IMED, também representa que a instituição está no caminho certo em relação a forma com que pratica a educação superior.

“O compromisso com a empregabilidade e a trabalhabilidade de nossos estudantes, faz com que sejamos uma instituição ágil, inovadora e atenta as tendências mercadológicas. Por isso criamos um ecossistema de inovação capaz de conectar nossos estudantes, professores e gestores ao mercado de trabalho, proporcionando a empresas de diferentes portes, uma presença competitiva e relevante nos segmentos aos quais atuam”, pontuou Sperb.

A IMED teve nove cursos estrelados, oito deles no campus Passo Fundo. Administração, Direito e Psicologia foram avaliados com 4 estrelas. Os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Engenharia Civil, Odontologia e Medicina receberam 3 estrelas na avaliação.

Em 2021, pela primeira vez, o curso de Direito do campus Porto Alegre foi estrelado e estreou bem avaliado, com nota 4.

O diretor de Graduação da IMED, Luciano Reolon, destaca que os resultados do Guia da Faculdade 2021 fortalecem ainda mais a posição da IMED como uma instituição de excelência no ensino e reforçam o compromisso da instituição com uma educação de qualidade, uma vez que são avaliados o projeto pedagógico, o corpo docente e a infraestrutura dos cursos.

“Por se tratar de uma avaliação por pares, ou seja, docentes de diversas IES dão notas para os cursos, a avaliação reforça a nossa visão de sermos reconhecidos pela excelência acadêmica e vinculados às oportunidades e às necessidades da sociedade”, enfatiza Reolon.

Sobre o Guia
O Guia da Faculdade é uma das maiores pesquisas de opinião sobre o Ensino Superior brasileiro. A edição de 2021 avaliou mais de 16 mil cursos de graduação de todo o Brasil.

No total, mais de nove mil professores e coordenadores de curso participaram como avaliadores do Guia. Isso acontece porque o Guia da Faculdade utiliza uma metodologia conhecida como "avaliação por pares", em que a equipe atua como um instituto de pesquisa, colhendo a opinião de milhares de professores que atuam no Ensino Superior.

A edição avaliou instituições de ensino públicas e privadas, que oferecem ensino presencial ou a distância. O ranking pode ser encontrado na íntegra site do Guia da Faculdade.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia