Como Logar?

Comunicação

Notícias

VOLTAR
22/03/2017
IMED e Conselho Federal de Medicina Veterinária dão início ao Projeto Estratégias de Ensino-Aprendizagem

Por: Francine Tiecher

() comentários

Os serviços veterinários são considerados um bem público mundial, sendo que, uma educação de alta qualidade é a base da formação de profissionais com os conhecimentos necessários para garantir um trabalho com atributos mínimos necessários à população, aos animais e ao planeta.

Neste sentido, O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) vem firmado parcerias com Instituições de Ensino Superior (IES) do país com o objetivo de implantar o Projeto “Estratégias de Ensino-aprendizagem” e aprimorar o ensino em Medicina Veterinária no país.

A IMED passou a integrar o projeto, que busca contribuir para o desenvolvimento das competências humanísticas nos futuros médicos veterinários, conforme determinação das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) do curso de Medicina Veterinária. A ideia, consiste em trabalhar além das competências técnicas dos profissionais, outras competências como Liderança, Atenção à Saúde, Comunicação, Tomada de Decisão, Administração e Gerenciamento e Educação Permanente.

Dos mais de 240 cursos de Medicina Veterinária do País, o curso de Medicina Veterinária da IMED está entre o seleto grupo de 23 participantes do projeto, uma vez que, o plano pedagógico do curso foi idealizado pensando nas competências humanísticas e mínimas esperadas para o profissional, do “dia 1”, ou seja, do primeiro dia pós-formado do profissional, segundo as diretrizes da Organização Internacional de Epizootias – OIE.

“Os Médicos Veterinários, independentemente da sua área de prática profissional, são responsáveis pela promoção da saúde e do bem-estar animal, pela saúde pública e segurança alimentar. No processo de ensino aprendizagem existe uma intencionalidade, ou seja, produzir aprendizagem. Na IMED, desejamos desenvolver importantes competências nos estudantes, ou seja, a capacidade de combinar conhecimentos, habilidades e atitudes para a obtenção o desempenho desejado”, destaca Deniz Anziliero, Coordenador do Curso de Medicina Veterinária da instituição.

 

Assim, as metodologias ativas aplicadas pelos professores nesse projeto no curso de Medicina Veterinária, desperta nos estudantes, aliadas as competências técnicas, a importância das competências humanísticas, como a Liderança, Atenção à Saúde, Visão sistêmica, Comunicação, Tomada de Decisão, Administração e Gerenciamento e por fim, a necessidade de Educação Permanente.

Visita

Na última semana, a IMED recebeu a representante do CFMV, professora Regina Werneck, que contextualizou o projeto à comunidade acadêmica e o apresentou à direção da instituição, professores e alunos. O programa tem duração de um ano, com avaliação a cada semestre, e conta com o acompanhamento do CFMV ao longo do processo.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia