Comunicação

Notícias

VOLTAR
12/05/2021
IMED conta novo diretor de graduação

Por: Karen Vidaleti

() comentários

Após atuar por cerca de dois anos em São Paulo, Luciano Reolon retorna ao Estado para assumir o segmento de graduação da Instituição

Com uma história que soma uma década no campo acadêmico, Luciano Reolon é o novo diretor de graduação da IMED. Ele substitui Marc Deitos, que deixou a instituição em abril deste ano. Graduado em Biomedicina, Mestre e Doutor em Biologia Celular e Molecular pela UFRGS, Luciano chega à instituição, após cerca de dois anos em São Paulo, para assumir a posição, mantendo o compromisso de garantir a excelência dos cursos no segmento. 

“A vocação pela oferta de cursos de alta qualidade, aliados com inovação (no ensino e na profissão) e conectados com as reais necessidades do mercado do presente e do futuro são diferenciais que fazem da IMED uma instituição de vanguarda no ensino gaúcho, quebrando paradigmas do ensino tradicional ao promover uma educação para o futuro”, afirma o diretor.

Luciano Reolon pretende ampliar o diálogo com o mercado

Com MBA em Gestão Acadêmica pela Business School São Paulo, Luciano iniciou carreira acadêmica na Rede Laureate, em 2011, sendo um dos criadores da Escola de Ciências da Saúde da Uniritter. Na instituição, atuou como coordenador de curso, coordenador acadêmico administrativo, diretor interino e gerente da Escola. Ainda, foi responsável pela implementação de diversos programas de graduação, incluindo a implementação de cursos na área da saúde. 

Nos últimos dois anos, atuou na FMU (Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas), tradicional instituição de São Paulo, que atende a cerca de 50 mil estudantes. Lá, foi responsável pela gestão da Escola de Saúde, que inclui graduações e mestrados, e pela implementação de um novo modelo acadêmico de ensino-aprendizagem. 

Com pensamento alinhado à visão da IMED, que busca “proporcionar ambientes de conhecimento para desenvolver e conectar pessoas que transformar realidades”, acredita que um dos principais papéis de uma instituição de ensino é “oportunizar que as pessoas sejam agentes da transformação e que possam, conectadas umas às outras, melhorar a sua realidade e tornar o mundo um lugar melhor para se viver”. “Somente a educação de qualidade é capaz de gerar um impacto tão significativo na vida das pessoas”, acrescenta.

Aprendizagem Ativa, Ensino Híbrido e Educação Empreendedora são pilares que seguem norteando o ensino da IMED, valorizando o protagonismo do aluno, a oferta de múltiplos espaços de aprendizagem e a inovação conectada ao mercado. Em sua gestão, Luciano pretende ampliar o diálogo com o mercado, buscando manter a alta qualidade acadêmica, desenvolvida através de metodologias inovadoras, e alinhando, cada vez mais,  às demandas da atualidade e ao futuro das profissões. 

“Nossa proposta seguirá sendo a de formar para o mercado profissionais de excelência, que agem com ética e cidadania, que valorizam a diversidade, que são proativos e comprometidos e que apresentam fluência tecnológicas e habilidades de comunicação oral e escrita, sendo capazes de propor soluções inovadoras para problemas reais, através da cooperação e do trabalho em equipe”, pontua.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia