Comunicação

Notícias

VOLTAR
25/03/2022
Global Legal Hackathon traz oportunidade de networking e desenvolvimento

Por: Karen Vidaleti

() comentários

Maratona de inovação para área jurídica acontece neste fim de semana e tem a participação de alunos e professores da IMED

Neste fim de semana, de 25 a 27 de março, estudantes e professores da Escola de Direito estarão mobilizados para pensar soluções para os problemas jurídicos e de acesso à justiça. Eles participam da edição gaúcha do Global Legal Hackathon 2022 (GLH), uma maratona de inovação que deve reunir cerca de 60 participantes. O evento é organizado pela IMED, pelo Instituto Caldeira - que sediará as atividades - e pelo Slap Hub.

A estudante Luciana Pacheco, que cursa o 6º semestre de Direito em Porto Alegre, participou como voluntária da última edição, realizada em 2020, e define a experiência como uma das melhores que já viveu na trajetória como universitária. 

“O evento me chamou a atenção porque tenho muita afinidade com a área de Design e eu não tinha a mínima ideia que, mesmo sendo estudante de Direito, eu poderia conciliar as duas formações. Foi no GLH que eu consegui um estágio na Slap Law, onde aprendi muito sobre Direito Digital e Legal Design”, comenta.

Luciana também destaca a oportunidade de networking proporcionada pela competição e o conhecimento adquirido. “Nos três dias do GLH, aprendi e me diverti muito também, conheci pessoas inovadoras que vieram para mudar o mundo jurídico e tornar ele mais inclusivo. Com elas, percebi a infinidade de soluções jurídicas que podem surgir através da união de outras áreas como o design, tecnologia da informação e empreendedorismo. E são essas soluções que eu quero ver no Global Legal Hackathon 2022, desta vez como participante. Vai ser demais!”, conclui.

Além de estudantes e profissionais de Direito, a competição também é aberta a participantes das áreas de Tecnologia da Informação, Design, Administração, Negócios e demais interessados. A formação das equipes deverá respeitar a multidisciplinaridade entre Direito, Tecnologia, Design e Negócios.

 

Mentoria da ideação ao desenvolvimento
Durante o fim de semana, os times irão receber mentoria de profissionais, para que suas ideias passem da fase de ideação para o desenvolvimento de soluções tecnológicas que afetam a prática, os negócios e a prestação de serviços jurídicos. 

Como mentores, acompanharão as equipes a juíza e professora de Direito Karen Bertoncello, a advogada e docente Muriele Boscatto, a arquiteta e coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo, Giulie Baldissera, o engenheiro Cristian Marques, também coordenador da graduação em Engenharia Civil, e o professor Felipe Mattos, fundador da Dental Startup Brasil.

O vice-presidente de Inovação Acadêmica da IMED, Daniel Quintana Sperb, também participa do evento como palestrante. Sperb aborda o tema "Legal by Design". 

"Para nós do Slap, como organizadores do GLH pela 3ª vez, é uma satisfação enorme ver mais players relevantes do mercado se juntarem a nós. Estarmos organizando este evento com a IMED e o Caldeira, reforçam nosso compromisso de causar impacto positivo no mercado jurídico, tão carente de iniciativas multidisciplinares, inovadoras, transformadoras e globais", destaca o co-founder no SlapHub, Gustavo Sudbrack. 

As inscrições podem ser feitas pela plataforma Sympla.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia