Comunicação

Notícias

VOLTAR
05/08/2020
Educação infantil e uso de podcast na educação foram temas do 3º EduConecta21

Por: Francine Tiecher

() comentários

Educação infantil e o uso do de podcast na Educação pautaram a 3ª edição do EduConecta21, a Rede de Educadores para Educadores. Neste workshop realizado de forma online, o Instituto Jama esteve inserido na organização do evento, que ocorreu nos dias 30 e 31 de julho.

No primeiro dia de capacitações, Damione Damito, criador do PodCast Papo de Educador, contribuiu com a rede, trazendo possibilidades de uso do PodCast na Educação. Segundo ele, ao contrário do que parece intuitivo, ao agregar novas ferramentas pedagógicas no seu portfólio que sejam baseadas em metodologias ativas e centradas no aluno, o professor pode obter alívio ao invés de sobrecarga. Sendo assim, a tecnologia não irá substituir os professores, como alguns pensam, uma vez que professores que já a utilizam, são os que irão substituir os que a desprezam.

Também participaram da primeira etapa do evento as professoras Clélia C. Nunes, de Lagoa Vermelha/RS, com o relato "O uso do Podcast no desenvolvimento da Leitura"; Tracy Freitas, de Porto Alegre/RS, com o relato "PodCast no Ensino Médio"; Vanessa Dal Pizzol Scheffer, de Carazinho/RS, com o relato "Conecta Rede PodCast"; e mais três relatos de experiências reais do uso do PodCast na Educação, mediados pela Profª Ana Claudia Klein.

"Mediando as conversas   entre um especialista e três professoras que buscaram no uso  do podcast uma estratégia para vencer o distanciamento imposto pela pandemia, junto a diferentes públicos, percebi a força da conexão entre a ciência da comunicação e da educação.  E que satisfação foi conjugar essas duas ciências, mediando relatos, fazendo uma escuta que ecoa na minha própria história como professora e jornalista! Em pouco menos de duas horas, mergulhamos em um mundo de conhecimento e de competências compartilhadas com centenas de pessoas conectadas pelo mundo afora! Aprender e ensinar com outros educadores para qualificar e reafirmar o nosso poder transformador junto aos alunos! Que momento!”, frisou Ana Cláudia, ao concluir sua participação como mediadora.

Já na segunda etapa do workshop, Agnès Françoise Straggiotti Silva, da escola de Educação Infantil Yellow, abordou em sua participação as singularidades na Educação Infantil, em um momento de fala sobre as oportunidades e aprendizagens que a pandemia trouxe para a Educação Infantil.

Agnès trouxe aos para o EduConecta21 as percepções do quanto a escola e os professores impactam diretamente as famílias, bem como a necessidade de uma construção conjunta, percebendo os campos de experiência por meio do olhar da criança. Mediados por Janaína Audino, consultora do Instituto Jama, os compartilhamentos de experiências ficaram a cargo das professoras Janete Rosa, de Passo Fundo/RS, com o relato "Um novo começo"; Silvana Carvalho, de São José dos Campos/SP, com o relato "Educação Infantil em foco: um olhar sobre os pequenos"; e Viviane Cristina Marques, de Campinas/SP, com o relato "Diários de infância e Isolamento Social".

O EduConecta21 foi idealizado como um espaço online para troca de conhecimentos. Com uma rápida adesão de professores de todo Brasil, o projeto tomou uma ampla escala, trazendo falas de especialistas e relatos de movimentos dos professores durante a quarentena.

“No EduConecta21 não buscamos respostas e sim o diálogo. Sabemos o quanto a Educação Infantil tem sido prejudicada no cenário atual, pois a escola não tem vida sem as crianças. No entanto, os ricos relatos mostram que muitos professores estão aproveitando esse momento para se qualificar, incorporando em suas práticas a tecnologia, a pesquisa e a aproximação com as famílias. Sem dúvida é um “novo começo” como diz a professora de Passo Fundo/RS e no meio de tantas incertezas do que vem pela frente temos que aprender a (re)aprender aponta a professora de São José dos Campos/SP. Esse modelo de formação online dá voz aos professores e possibilita o compartilhamento de ideias que podem ser algumas das respostas que buscamos para Educação Infantil  e aprendizagem das crianças”, frisa Taíse Telles, Articuladora do Letramento Norte Gaúcho e uma das Coordenadoras da iniciativa.

Neste terceiro EduConecta21, foram desenvolvidos o modelo híbrido, onde os participantes puderam realizar atividades assíncronas pré-evento, se apropriando dos temas, e durante o evento enriqueceram suas aprendizagens com muito conhecimento compartilhado.

Além disso, houve a participação dos embaixadores do projeto, que fazem o elo de ligação entre o EduConecta21 e seus municípios, o que colaborou para que mais de 1.000 professores estivessem presentes nesta edição.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia