Comunicação

Notícias

VOLTAR
12/05/2020
Como será o novo normal?

Por: Daniel Santos

() comentários

Tema foi debatido por profissionais de Odontologia em webinar internacional promovido pela IMED

O novo normal que está prestes acontecer nos faz refletir sobre como será a vida pós-pandemia. Certamente, o coronavírus vai transformar hábitos da sociedade. Seremos ainda mais impactados e das mais diferentes maneiras. Mas como? Quais cenários prováveis já começam a emergir e devem se impor no mundo pós-pandemia?

Entender que mundo novo é esse é importante para nos prepararmos para o que vem por aí. Porque uma coisa é certa: o mundo não será como antes. Diante desse panorama e com a proposta de responder questionamentos sobre como será a globalização pós-pandemia, a Odontologia da IMED promoveu o webinar internacional O ‘Novo normal’ em Educação e Práticas Odontológicas: Um Panorama Mundial.

“O propósito do webinar foi discutir o que será e como será a prática odontológica. Está na hora de buscar respostas e soluções para construir um novo mundo, um novo caminho para possibilitar as nossas ações coletivas”, reflete o professor Rodrigo Beltrão –Coordenador de Pós-Graduação Lato Sensu e Educação Continuada da IMED e integrante da comissão organizadora.

O encontro online trouxe as considerações dos palestrantes internacionais, Martina Stafanani (Espanha) Dr. Ignácio Ginebreda (Espanha), Dr. Haidong Zhang (China) e Dr. Leonardo Marchini (EUA).

De acordo com a coordenadora do curso de Odontologia da IMED no Campus Passo Fundo e membro da comissão organizadora do evento, professora Joseane Viccari Calza, a proposta é do webinar foi esclarecer as dúvidas de alunos e da comunidade. “Reunimos palestrantes internacionais de países que foram bastante afetados pela pandemia e que conseguindo avançar essa etapa. Será muito enriquecedor, pois, assim, poderemos integrar com as ações que estão sendo desenvolvidas no Brasil. Desta forma, conseguiremos evoluir também no que diz respeito à educação no ensino superior em Odontologia.

Os professores Joseane Viccari Calza (Coord. Odontologia IMED Passo Fundo), Helena Carracho (Coord. Odontologia IMED Porto Alegre) e Rodrigo Beltrão mediaram os debates.

 

O novo normal em Odontologia

 

“Aqui nos EUA, nós gastamos bastante com saúde se comparado com outros países desenvolvidos. Neste sentido, o atendimento odontológico precisará ser revisto no futuro. Aqui o atendimento é 100% particular. Se aumentar o custo, muitos pacientes não poderão pagar por conta de toda a crise que se instaurou.”

Leonardo Marchini – EUA

 

“Na China, nós também temos práticas particulares de atendimentos odontológicos, mas a maioria das universidades tem financiamento do Estado e oferece atendimentos gratuitos. Após a pandemia, teremos que continuar com todo esse cuidado. Aqui, atualmente, o atendimento é feito utilizando um QR Code, que mostra onde o paciente esteve. No futuro, teremos que avaliar se isso continuará sendo necessário.”

Haidong Zhang - China

 

“Aqui na Itália, as clínicas estão fechadas e acredito que serão reabertas, de acordo com orientações do Ministério da Saúde. Nós estamos tentando reduzir o máximo possível a utilização de broca, pois ela pode possibilitar a contaminação. Mas temos que ter em mente que esse, provavelmente, não será o último vírus que afetará a humanidade, por isso as ações que estamos tendo agora irão auxiliar no futuro.”

Martina Stafanani – Itália

 

“Em Barcelona, utilizamos EPIS o tempo todo.  Nós também não ficamos andando pela clínica. Todo mundo utiliza luva e máscara. Além disso, temos um assistente do dentista que entrevista os pacientes antes do atendimento, e esse procedimento vai se tornar rotina daqui para a frente.”

Ignácio Ginebreda - Espanha

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia