Comunicação

Notícias

VOLTAR
27/11/2019
Advocacia Sistêmica é tema de encontro com egressa do curso de Direito

Por: Daniel Santos

() comentários

Atividade reuniu estudantes da disciplina de Direito da Família

Os estudantes de Direito da IMED no campus Passo Fundo receberam a visita da egressa do curso, Carolina Ractz Bueno, que atua como advogada sistêmica.

Carolina explicou sobre como ocorre o Direito sistêmico e a atuação nessa área. Foram feitas dinâmicas e atividades relacionadas ao que foi estudado durante o semestre. “Além dos conhecimentos jurídicos, fica a certeza de que enquanto professores, advogados e alunos, não basta apenas entendermos de tecnologias, mas precisamos também entender de pessoas”, comenta a professora responsável pela disciplina, Lívia Copelli Copatti.

Para Carolina, voltar à IMED para falar sobre seu trabalho foi uma experiência marcante. “Ver tantos alunos emocionados com o Direito Sistêmico e as Constelações Familiares só intensifica aquilo que acredito: é preciso se autoconhecer, para, então, estar pronto para ajudar o cliente. A advocacia é uma profissão de ajuda, na qual devemos olhar para o todo e não apenas para a lei. O Direito Sistêmico me mudou completamente e, assim, espero que a sementinha possa ter sido plantada no coração de cada aluno. Essa forma de atuação é sobre ser por inteiro, sentir as emoções, se conectar com o cliente, é sobre deixar com o cliente o que é dele e ser meio de trazer consciência. Afinal, cada um escolhe o que fazer com as informações que recebe. A mudança pode ser dolorida, mas depois que começamos, é um caminho sem volta e infinito. Que a gente siga tentando, caindo e levantando, mas siga sempre evoluindo. Finalizo com o questionamento que fiz aos alunos: O que adianta sabermos apenas sobre leis se não soubermos sobre pessoas? Sobre nós mesmos?”, publicou a advogada em um post no seu perfil no Instagram. 

 

O que é Advocacia Sistêmica?

É o exercício da advocacia sob o paradigma do Pensamento Sistêmico. Ao desenvolver competências essenciais, o advogado facilita a ampliação de consciência de seus clientes, convidando-os a percepção ou visualização sistêmica dos contextos, relações, padrões, processos e origem do conflito. Assim, contribui com a humanização, consenso, pacificação social e criação de novos paradigmas jurídicos baseados numa visão de mundo sistêmica. É um novo modo de exercer a advocacia: mais estratégico, humanizado e consensual.

 

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia